Traços

Todos nós temos, alguns tentamos esconder, outros queremos que todos vejam, alguns passam despercebidos por nós mesmos, e tem um, um apenas, que nos marca. Não é de uma forma fixa, cada pessoa recebe um pouco de nós, aquilo que marca da gente, as vezes um sorriso, o jeito da risada ou quem sabe a coisa mais despercebida de todas pode ser levemente cativante. Assim, para aqueles que se aproximam, vai ser o que mais faz lembrar, aquilo que forma a impressão que temos das pessoas. De uma forma sutil, mas aprimorada, é somente aquilo que resta, aquilo que marca.

Desde o estalar de dedos, à voz rouca. Sempre temos aquilo de cada pessoa, até daquela que um dia sentou do nosso lado no ônibus, algum gesto, som ou a forma ofegante de respirar. Mesmo sendo sem perceber, captamos isso das pessoas, do mesmo jeito agradavél, pode ser torturante. Algo irritante ou simples.

Não importa. Aquela primeira coisa que te vem a mente ao falar de qualquer mero conhecido. Não que seja o mesmo, mas é aquilo que deixamos a cada pessoa que conhecemos, podendo marcar pra que um dia lembremos depois de muito tempo, não na aparência, mas no jeito, no caráter, na voz.

De um a um, cativamos mais uma pessoa, tão de uma forma como de outra. Sem esconder o que somos, como agimos. Sem perder a essência, sendo apenas nós.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s