0

Esquecendo do mundo real

Esses dias eu queria ser feliz. Mas, diferente de muitos, eu queria ser ingênuo com a minha felicidade. Acreditando que é só isso mesmo. E ponto. Esquecendo um pouco das tais ”belezas” que cercam o nosso mundo moderno. Muitas daquelas coisas que mais nos fazem mal do que bem. Acreditar que a vida é simples, fácil e verdadeira. Com aqueles sonhos com uma pitada de dor, arrependimento e muito remorso. Já que convenhamos que nada disso é verdade!

Com esses sonhos, acabei criando o meu mundo mágico, um mundo onde tudo é lindo, feliz e favorável. Um lugar diferente de todos, onde tem na verdade, tudo aquilo que lá no fundo, todos nós já desejamos ter, uma saida rápida para o dia a dia chato, problemático e cansativo! Mas compreenda, antes que seja tarde, que nem tudo aquilo que parece ser bom, na realidade, é.

Tudo o quê conseguimos com muita facilidade, fica sem graça. Precisamos de um estimulo, de um empurrão. Mas quando chegamos, depois de muita procura, tudo é muito mais maravilhoso! Até então, o mundo mágico ainda funcionava, ainda era mágico. Era um lugar onde se parava e ficava horas sonhando, sem mexer uma unha para tentar fazer com que possa, talvez, vir a acontecer.

Mas como todo o fim, o motivo pelo qual aquele tal mundinho foi realmente criado, foi para tentar esconder o real mundo trágico que vinha acontecendo bem atravéz da minha janela, aquela mesma, que muitas vezes era fechada para que o sonhar possa ser mais fácil.

Mas nada vai acontecer, nada vai mudar só com ideias e sonhos, sem nem ao menos ter um foco, ter uma saida pro atual mundo trágico no qual vivemos. Nós nos cercamos com coisas particularmente insignificantes e nos esquecemos de ver o real mundo em que vivemos. Nada mais acontece, nada mais é entendido, nem ao menos tentado entender! Tudo acontece meio que alienado, sem ter noção do verdadeiro estado do mundo real. Eu criei um mundo mágico, um mundo meu, já que o mundo real é trágico.

Anúncios
0

Diário de Pensamentos

– Até quando irão continuar confundindo Liberdade com Rebeldia?

– Até o último suspiro e até a última lágrima, estarei aqui esperando pra ouvir seu último desejo.

– Por favor, não dia que nada aconteceu.
Eu já não consigo olhar para a nossa estrela, ela não brilha.
porque você apagou o brilho dela? Ela me iluminava todas as noites.

– Estou dentro da sua mais doce lembrança, do seu ponto mais fraco. não faço seu estilo, mais te completo.

– O tempo ainda pode ser a única solução, o problema é que não temos mais tempo pra isso.

Vídeo
2

Viver ou mostrar que está vivendo?

As fotos sempre guardam um pouco da gente, um pouco do que a gente gosta, do que a gente acha bonito. Olhando pelas minhas fotos do celular, você só vai achar fotos de comida e de animais fofinhos! Sempre achei que as fotos são um outro ângulo de ver a vida, de sentir a vida e de principalmente guardar um pouco dela, só pra gente.

Acabaram extrapolando nesse aspecto, as fotos ganharam cada vez mais importância no mundo de hoje e principalmente pra quem vive nas redes sociais, com a maior popularização do instagram, as pessoas começaram a querer ter motivos pra poder tirar mais fotos consideradas legais, com filtros e hashtags criativas, mas o real problema é que, você quer viver, ou mostrar que está vivendo?

Muitas vezes estamos tão conectados que esquecemos que viver cada momento intensamente. De ter o sentimento pra se lembrar depois, e não somente parecer feliz ou animado!